17°/ 31°
Belo Horizonte,
01/NOV/2014

Na mesa | Augusto Franco »

Casa cheia, agora na Savassi

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Augusto Franco - Redação Publicação:06/03/2014 14:57Atualização:06/03/2014 15:13
 (Eugênio Gurgel)

Depois da abertura do tradicional Restaurante do Bolão no bairro São Pedro, no início do ano, outro medalhão da cidade busca o público zona sul. O Casa Cheia, um dos mais tradicionais pontos do Mercado Central de Belo Horizonte, abriu uma segunda unidade na Savassi. Está funcionando desde fevereiro na rua Cláudio Manuel, 778, entre os cruzamentos das ruas Paraíba e Rio Grande do Norte. O cardápio e os preços são os mesmos da matriz, mas a filial conta com muito mais espaço, mobiliário clean e TVs para transmissão do futebol. "Queremos oferecer pratos feitos com a mesma qualidade do mercado para quem trabalha por aqui. Também vamos poder funcionar até mais tarde, todos os dias", diz Ilmar Antônio de Jesus, à frente da empreitada. Além disso, com a cozinha maior, a intenção é oferecer bufê self-service de segunda a sábado e incrementar o cardápio com preparos mineiros até o fim do ano.

 (Samuel Gê)

Franquia em expansão

A franquia é americana, o cardápio, australiano, e o plano é ampliar os negócios ao ritmo de 20% ao ano no Brasil e América Latina. De olho no mercado mineiro, o Outback abriu, no início do mês, sua segunda unidade em Belo Horizonte. Além do Pátio Savassi, a casa, famosa pelas costelas suínas com molho barbecue e pela enorme cebola empanada, está funcionando no Boulevard Shopping, no Santa Efigênia. Segundo o sócio regional da franquia, responsável pelas casas de Minas e Goiás, Gustavo Vaz, o ritmo de expansão será acelerado nas duas praças. A unidade do Boulevard conta com novo modelo de decoração, mais colorido e iluminado, que deve ser implementado na unidade do São Pedro nos próximos meses.

 (Samuel Gê)

Sem reserva, nem pensar

São muitas as explicações para que o pequeno bistrô que leva o nome do proprietário e chef Eloi Moreira, no Santo Antônio, esteja com as reservas esgotadas até meados de março. A comida é a principal. Preparos com técnica clássica e ingredientes locais, como o cordeiro com canjica e quiabo defumado e o carpaccio de maçã de peito, fazem sucesso com quem prova. A simpatia do anfitrião, que recebe os comensais no restaurantezinho com apenas oito mesas, também é fundamental. Suas receitas são resultado de 15 anos dedicados à cozinha – dois anos e meio de formação como cozinheiro e confeiteiro em Paris. De quinta a sábado, o almenarense radicado em Belo Horizonte circula de mesa em mesa e consegue observar todos da cozinha, que comporta, no máximo, duas pessoas. Nos outros dias da semana, ele dá aulas de gastronomia e faz pequenos eventos, em sua maioria na casa de clientes. Se conseguir um lugar, vá de menu degustação. Dez preparos em porções reduzidas, harmonizadas com duas taças de vinho, saem a R$ 149,90 por pessoa.

 (Geraldo Goulart)

Melhor que a encomenda

Estava escrito nas estrelas. Decidido a sondar um serviço de bufê para o aniversário de sua mulher, Alessandra Bagno (dir.), o engenheiro Farid Choucair procurou o bufê Celia Soutto Mayor. "Era uma festa intimista, para 20 pessoas apenas, mas não queríamos ter trabalho algum", conta Choucair. Quem ficou a cargo da empreitada foi Patricia Soutto Mayor, administradora do negócio. Logo na primeira conversa entre o casal e a dona de um dos mais tradicionais bufês, surgiu a ideia de uma parceria comercial. Quatro meses depois, os três abriram o Célia Soutto Mayor & você. A inauguração aconteceu no fim de 2013. A nova lanchonete fica na avenida Bandeirantes, 710, loja 4, em um centro comercial recém-inaugurado. Com bom movimento desde o primeiro dia, o cardápio oferece versões maiores de salgados e doces, tortas e bombons finos, e cafés especiais. "Era para ser uma encomenda e virou uma loja", diverte-se Patrícia.

 (João Carlos Martins)

Saiu do forno

Criado em 2010, o site Mixidão (mixidao.com.br), do publicitário mineiro Daniel Coelho, ganhou fama na internet pelas receitas criativas, apresentadas em forma de infográficos. A pedido de amigos, as melhores foram reunidas em um livro, lançado no fim de dezembro e vendido apenas no site. A obra traz os preparos e fotos do resultado, tudo feito pelo próprio autor, autodidata. "Desde pequeno via minha mãe e minha avó na cozinha, e a paixão pelas receitas veio de maneira bem natural", diz. A primeira delas foi a de bolo de cenoura, uma das mais vistas no site. O próximo passo, conta, é montar uma segunda edição da publicação, com infográficos destacáveis, em formato de fichas. Dessa forma, as receitas podem se tornar também objetos de decoração, transformados em quadrinhos. "Cada um vai poder montar seu livro, com quantas e quais receitas quiser", adianta.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.